André Ventura alerta que “muita coisa continua a falhar” no Governo dos Açores

Escrito por em 23/07/2022

O líder do Chega, André Ventura, alertou hoje que “muita coisa continua a falhar” no Governo dos Açores, cujo executivo continua a ser “muito grande”, mas remeteu a posição sobre o próximo Orçamento para o deputado regional.

Em declarações à agência Lusa no âmbito da visita que está a realizar à ilha das Flores, André Ventura disse estar “muito satisfeito” com a prestação do Chega nos Açores e realçou que o deputado regional José Pacheco “já foi muito claro” sobre a avaliação ao Governo Regional.

“Há muita coisa que continua a falhar e a faltar. Isso é evidente. O próprio deputado José Pacheco tem dito e o Chega/Açores tem feito essa nota”, afirmou.

A 06 de abril, José Pacheco, revelou à Lusa que “acabou” o apoio do Chega ao Governo Regional, de coligação PSD/CDS-PP/PPM, e avançou que pretende reprovar o próximo Orçamento da região, que vai ser discutido no final do ano.

Entretanto, a 18 de abril, o deputado do Chega/Açores afirmou que cabe ao executivo açoriano mostrar que “consegue fazer melhor” e que o partido estava “enganado” quanto ao fim do apoio.

Hoje, André Ventura demonstrou “total confiança” em José Pacheco e avisou que “tudo depende do Governo Regional”, que é liderado pelo social-democrata José Manuel Bolieiro.

“Se as promessas forem cumpridas e se o acordo for concretizado, não há nada que temer. Senão, veremos o que acontece”, assinalou.

André Ventura reconheceu “alguns avanços” no acordo parlamentar firmado entre os partidos do governo e o Chega, como o caso do gabinete contra a corrupção.

Contudo, o líder nacional ressalvou que ainda existem “questões muito melindrosas” como a “continuidade de um governo muito grande, muito pesado e muito caro”.

“Continuam ainda a existir elementos e familiares ou em lugar de administração pública ou em lugares governativos. Isso para o Chega é inaceitável. Agora, o que vai acontecer, vamos ver. O Chega/Açores tem autonomia e está a avaliar a situação”, acrescentou.

André Ventura iniciou hoje uma visita ao grupo ocidental dos Açores, com uma reunião na Associação Agrícola da ilha das Flores.

No sábado, o líder do Chega vai visitar as obras no porto das Lajes das Flores, destruído pelo furacão Lorenzo em outubro de 2019, e a queijaria Tradicional, na Fajãzinha.

No domingo, Ventura vai visitar a ilha do Corvo, voltando na segunda-feira para as Flores, de onde sai ao final do dia para Ponta Delgada para rumar ao continente.

O deputado na Assembleia da República justificou que as visitas servem para “concretizar a promessa de estar em todo o território nacional”.

“Vivemos tempos muito difíceis para a agricultura e para o turismo. Sobretudo as regiões ultraperiféricas estão a pagar um preço elevado. Não quis deixar de dizer aos habitantes das Flores e Corvo que, por muito distante que Lisboa pareça, há um partido preocupado com o seu bem-estar”, assinalou.

Sem o apoio do Chega, o Governo Regional dos Açores, que também depende do apoio da IL e do deputado independente Carlos Furtado (ex-Chega), não tem a maioria no parlamento açoriano.


Açores 9 Rádio

Faixa Atual

Título

Artista