Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Vadios Azores Skechers promovem 31° Encontro na Fábrica Chá do Porto Formoso - Açores 9 Rádio


No comando: Auto DJ

Das 00:00 às 07:00

No comando: Programa da Manhã

Das 07:00 às 12:00

Vadios Azores Skechers promovem 31° Encontro na Fábrica Chá do Porto Formoso

Começa em: 14/03/2020 Termina em: 14/03/2020

O ponto de encontro – Fábrica do Chá do Porto Formoso, às 13:30 do próximo sábado, 14 de Março de 2020.

A fábrica de chá Porto Formoso tem à disposição dos seus visitantes jardins panorâmicos, um espaço museológico, uma sala de chá e uma loja. Tudo começou aqui. E tudo aqui recomeça, todos os anos, seguindo a tradição do mais puro chá açoriano, nas plantações e fábrica de chá Porto Formoso, na costa norte da ilha de São Miguel.

É na ilha de São Miguel, a maior ilha do arquipélago dos Açores, que se encontram as únicas plantações de chá da Europa para fins industriais. Pelo clima temperado e o rico solo vulcânico da ilha, é comum uma vegetação luxuriante e o cultivo de plantas tropicais.

Crê-se que as primeiras sementes de chá foram trazidas do Brasil para os Açores na segunda metade do século XVIII. Por longo tempo o chá foi usado somente como planta ornamental mas, no ano de 1878, e por iniciativa da Sociedade Promotora da Agricultura Micaelense, chegaram a São Miguel dois chineses para ensinar a transformação do chá.

Assim, o interesse pelo chá cresceu, chegando a existir seis fábricas, para além de outros pequenos produtores.

A fábrica de chá Porto Formoso, fundada por Amâncio Machado Faria e Maia, laborou entre os anos 20 e 80 do século XX. Em 1998 os atuais proprietários iniciaram as obras de recuperação da fábrica que é agora Património Industrial da Região.

A Papelaria “Plano A” faz, a todos os associados da Associação de Desenhadores de Rua Vadios Azores, desconto de 20% na aquisição de material de urban sketcher e manualidades sobre PVC.

Hora que começa: 13:30 Hora que termina: 18:00

Localização: Fábrica Chá do Porto Formoso

Deixe seu comentário: