Homem de 60 anos em prisão preventiva por suspeita de duplo homicídio na ilha do Pico

Escrito por em 20/09/2022

Um homem de 60 anos foi detido e ficou em prisão preventiva por “suspeitas de um duplo homicídio e profanação de cadáver” na ilha do Pico, revelou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ adianta que “a investigação prossegue” e teve início no dia 11, “após a comunicação do desaparecimento de dois homens, com 74 e 65 anos de idade, ambos residentes na ilha do Pico”.

“Foram recolhidos indícios de que os dois homens desaparecidos terão sido vítimas de crimes de homicídio, com subsequente ocultação dos cadáveres, recaindo as suspeitas sobre um indivíduo de nacionalidade estrangeira, residente nas imediações do local onde o veículo utilizado pelas vítimas se encontrava estacionado”, refere a PJ.

De acordo com aquela polícia, nas buscas domiciliárias à residência do suspeito “foram apreendidas duas armas de fogo legalizadas, para além de diversas armas em situação irregular, nomeadamente, um ‘boxer’ com lâmina acoplada, diversos punhais e um silenciador, compatível com arma de fogo”.

“O detido, com 60 anos de idade, foi presente às autoridades judiciárias competentes, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva”, acrescenta a PJ.

A operação foi desenvolvida através do Departamento de Investigação Criminal dos Açores da PJ, com a colaboração da Polícia de Segurança Pública, da Guarda Nacional Republicana e da Polícia Marítima.


Açores 9 Rádio

Faixa Atual

Título

Artista