Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Vasco Cordeiro enaltece "espírito de missão" de enfermeiros nos Açores - Açores 9 Rádio


No comando: Auto DJ

Das 00:00 às 07:00

No comando: Programa da Manhã

Das 07:00 às 12:00

Vasco Cordeiro enaltece “espírito de missão” de enfermeiros nos Açores

O presidente do Governo dos Açores enalteceu hoje, no Dia Internacional do Enfermeiro, o “elevado profissionalismo e o espírito de missão” dos profissionais que prestam serviço na região nos “tempos excecionais” de covid-19.

“Os tempos excecionais que vivemos, provocados pela pandemia da covid-19, evidenciam, ainda mais, esse elevado profissionalismo e o espírito de missão dos enfermeiros que prestam serviço nos Açores. Certamente que, na nossa relação coletiva, existem aspetos a melhorar, aspetos a alterar, melhorias a concretizar. Mas nada disso obsta, bem pelo contrário, impõe, que, em especial no dia de hoje, se reconheça e enalteça o seu contributo para a nossa região”, considerou Vasco Cordeiro.

O chefe do executivo regional publicou no Facebook um texto a propósito da efeméride hoje assinalada, endereçando uma “saudação especial a todos os enfermeiros dos Açores, os quais constituem um dos pilares” do Serviço Regional de Saúde.

“É também ao trabalho e à dedicação destes profissionais de saúde que se deve o crescimento de 16% do número de consultas, que passaram de cerca de 791 mil para mais de 919 mil entre 2016 e 2019. Um esforço que foi também evidente no aumento de 47% de cirurgias realizadas no mesmo período, que passaram das cerca de 17 mil para mais de 25 mil”, prossegue o governante socialista.

E concretiza, dirigindo-se aos profissionais de saúde: “Saúdo, assim, todos os enfermeiros dos Açores, os quais, com o seu profissionalismo e a sua dedicação, honram e humanizam o nosso Serviço Regional de Saúde. Mantenham-se seguros!”.

Hoje também, o presidente do conselho diretivo da secção açoriana da Ordem dos Enfermeiros afirmou que são necessários mais 150 profissionais na região e que atualmente há trabalhadores a fazer até 15 turnos consecutivos em lares.

Em declarações à agência Lusa, Pedro Soares referiu que nos lares dos Açores se assiste a uma “sobrelotação ao nível de colocações seguras de enfermagem”, com enfermeiros “a fazerem 15 turnos seguidos, sem descanso, sem fins de semana, porque não há ninguém para os substituir”.

Até ao momento, já foram detetados na região um total de 145 casos de infeção, verificando-se 91 recuperados, 16 óbitos e 38 casos positivos ativos para infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19.

Os casos ativos verificam-se nas ilhas de São Miguel (30), Pico (três), Graciosa (dois), Faial (dois) e São Jorge (um).

Atualmente há quatro ilhas sem casos ativos: Flores, Corvo e Santa Maria, que nunca registaram casos, e Terceira, em que todos os infetados já recuperaram.

Em Portugal, morreram 1.163 pessoas das 27.913 confirmadas como infetadas, e há 3.013 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Deixe seu comentário: