Sporting de Braga ‘afunda’ Santa Clara em jogo frenético

Escrito por em 14/05/2023

O Sporting de Braga venceu, hoje, o Santa Clara por 5-3 e está perto de garantir o terceiro lugar da I Liga de futebol, num grande jogo da 32.ª jornada, em que os açorianos mereciam algo mais.

Último classificado e com a despromoção cada vez mais perto, o Santa Clara ‘vendeu cara’ a derrota, diante de um Sporting de Braga que ‘adormeceu’ na segunda parte e só ‘acordou’ nos minutos finais.

Os minhotos adiantaram-se no marcador por Ricardo Horta (10 minutos), tendo Matheus Babi empatado para o Santa Clara, no seu primeiro penálti (17).

Niakaté (35) e Abel Ruiz (45+5) deram nova vantagem aos bracarenses, que Matheus Babi reduziria em nova grande penalidade (70) e Boateng anulou (85), mas que Bruma repôs logo a seguir (87) e que Pizzi confirmou em definitivo (90+4).

 

Os minhotos colocaram-se a dois pontos do segundo lugar, ocupado pelo FC Porto, que recebe ainda hoje (20:30) o Casa Pia, e voltaram a ter quatro pontos de distância para o quarto classificado, o Sporting, precisando apenas de mais uma vitória para garantir o último lugar do pódio.

O treinador do Sporting de Braga apresentou quase o mesmo ‘onze’ com que se apresentou na Luz diante do Benfica (derrota por 1-0), na jornada passada, apenas sem Tormena e Borja, lesionados (jogaram Paulo Oliveira e Sequeira), e o do Santa Clara repetiu a equipa que venceu o Gil Vicente (3-2) e lhe deu uma réstia de esperança, que hoje ficou muito mais ténue, de ainda poder chegar ao play-off de manutenção.

Para isso acontecer, os insulares têm que vencer as duas últimas jornadas e esperar ‘tropeções’ de Paços de Ferreira e Marítimo.

O Sporting de Braga marcou cedo depois de uma bela jogada de entendimento pelo lado esquerdo entre Bruma e Iuri Medeiros, com assistência do último para um remate cruzado, já bem dentro da área, de Ricardo Horta.

O Santa Clara chegou ao empate pouco depois (17), por Matheus Babi, na conversão de uma grande penalidade, cuja falta de Paulo Oliveira o árbitro Vítor Ferreira apenas descortinou depois de visionar as imagens, alertado pelo VAR – grave desatenção da defesa ‘arsenalista’, já que Ricardinho se isolou após um pontapé de baliza do seu guardião.

O golo deu ânimo aos açorianos, que ficaram perto do segundo aos 27 minutos, após um cruzamento ‘venenoso’ da esquerda de Bruno Almeida, a que Matheus se opôs de forma decisiva.

O Sporting de Braga serenou o seu jogo e voltaria a colocar-se em vantagem por Niakaté, após uma entrada fulgurante de cabeça, dando a melhor sequência a um cruzamento tenso de Sequeira (35).

O terceiro golo surgiu em cima do intervalo (45+5): grande passe de Bruma a isolar Abel Ruiz, o avançado espanhol fintou o guarda-redes e atirou a contar (45+5).

A segunda parte abriu com três boas ocasiões para o Santa Clara marcar, todas protagonizadas por Gabriel Silva: nas duas primeiras, Matheus opôs-se bem ao ‘tiro’ de fora da área e à tentativa de ‘chapéu’ (47 e 49) e, na última, o avançado brasileiro atirou ao lado, após uma grande iniciativa de Ricardinho.

Pelo meio, aos 49 minutos, Ricardo Horta obrigou Gabriel Batista a uma grande defesa. Aos 58 minutos, o guarda-redes do Santa Clara voltou a estar em evidência, ao parar um remate de um isolado Iuri Medeiros.

O Santa Clara não desistia de reduzir e, aos 60 minutos, foi novamente perdulário – Boateng, após canto, cabeceou contra Matheus. Dois minutos depois, igualmente na sequência de um canto, o guarda-redes dos bracarenses voltou a salvar com uma enorme defesa a cabeceamento de Ygor Nogueira.

A equipa açoriana reduziu mesmo, com um segundo penálti também cobrado por Mahteus Babi, em nova falta de Paulo Oliveira (70), e empatou, com Boateng, após um lançamento lateral, a cabecear sem apelo para Matheus (85).

O Santa Clara acreditou que era possível ganhar o jogo e deixou muito espaço para a arte de alguns jogadores bracarenses, como Iuri Medeiros, que assistiu Bruma com um grande passe para o quarto golo.

O quinto golo chegou nos descontos, com Bruma, no início da jogada, e Pizzi, na sua definição e conclusão, a mostrarem todos os seus dotes técnicos (90+4).


Açores 9 Rádio

Canal 1

Faixa Atual

Título

Artista